What you can do?


This is different. This time I do not wanna talk about you, but about me.

Sim, o texto começou diferente e está fluindo da minha mente para os meus dedos enquanto escrevo. Quando abri o editor, não sabia direito o  que viria pela frente (Princess of China, Rihanna e Coldplay, meu background agora, ~I could've been a princess, you're a king, could've had a castle, and worn a ring but no, you let me go~).

A vida é tão engraçada, não? Uma hora a gente está bem, outra não. Existem momentos de pura felicidade e momentos de tristeza não tão profunda como caberia nessa frase, mas ainda sim de solidão. Pois é, não sei como a vida passa e nem como as coisas acontecem direito. Sei que não é um simples destino.

Algumas horas depois em casa, escutando um vídeo, muito possível para alguns youtubers, pra falar a verdade. Em casa, a gente tem mais liberdade para pensar nas coisas, e cada uma que passa que nem precisam ser ditas.

Recebi a ligação de uma tia que não vejo há anos, contando uns 5 mais ou menos, sem brincadeira. Pensando nesse acontecimento, é estranho como as pessoas acabam influenciando parte do nosso dia. Eu, por exemplo, não estaria escrevendo esse texto se não tivesse me lembrado do rascunho e de uma cobrancinha aí, hahaha. Eu não teria ido pra faculdade conversando com ela e nem saído de casa dessa maneira. Meus passos no telefone e fora dele teriam sido bem diferentes, e sim, eu teria visto tudo diferente também.

Eu não faço a mínima ideia de como as pessoas influenciam a minha vida de maneira direta e indireta. Eu vejo alguns casos bons, pouquíssimos ruins que espero que não aconteçam de maneira nenhuma... Who knows?

O que eu posso fazer com a minha vida? Continuar vivendo, claro. Nada é mais belo e cheio de surpresas que isso, mesmo com alguns momentos ruins. E você? Continuar fazendo parte da minha vida, completando-a de forma bonita.

As pessoas embelezam o que a gente passa.

Bisus!

Imagem de Christin Hume em Unsplash.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carente de amor!

É uma questão de estilo

Let it shine!