Tá tudo Saturado - Saturation


Jamais imaginei que estaríamos tão saturados de informação dessa maneira. Uma hora isso teria que acontecer, mas foi tão rápido que alguns se encontram um tanto perdidos no meio do fogo. Eu estou também.

São textos e vídeos de todos os tipos. No final das contas, a gente não sabe pra onde olhar direito. Eu mesma assino alguns feeds (o blog tem, então tá fácil) e me perdi naqueles que acompanho. Dei uma limpada boa esses dias e me senti mais leve. Tem mais assuntos que me importo realmente do que aquele simples sentimento de estar seguindo e ficando a par de informações relevantes.

E é aí que está o pulo do gato. Os assuntos relevantes. E vou te dizer, está cada vez mais complicado encontrar algo assim na internet do jeito que ela cresce.

Tenho blogs que assino e amo (alguns que eu jamais vou cancelar a assinatura, então não parem de escrever, please!), canais no youtube que sigo e gosto muito de assistir de preferência todos os vídeos (e tem dias que há atualização que nenhum vídeo me interessa), séries e filmes pra assistir na Netflix (e literalmente deixar o tempo passar)... E já me sinto saturada dessa maneira.

O jeito é parar e ir ler um livro, hahaha.

Voltando aqui. Olho o meu feed todos os dias para ver os textos publicados. De 20 novas postagens, salvo umas 5 pra ler depois. Me ajuda muito. Os outros 15 são marcados como lidos porque não me interessam tanto (e são blogs e sites que eu gosto!). A diferença está em poucas detalhes: mesma informação escrita por pessoas diferentes no mesmo dia, como quando somos bombardeados pela mesma notícia durante 30 minutos em qualquer tipo de canal, e a maneira que a pessoa escreve (isso me fascina).

Saturação. Muitas vezes as pessoas sempre falam da mesma coisa. Isso vira trend, sim, palavra chave no Google AdWords é pechincha. Só abrir lá e ver os mais comentados da semana (dessa é a copa da França, com certeza, e o casamento do Bieber).

Fico sempre pensando em ter um conteúdo um pouco mais diferenciado. Pensar diferente, escrever de forma diferente. Não para atrair pessoas, por mais que a gente queira que os nossos textos sejam lidos, mas para fazer a diferença realmente, tirando esse peso da saturação da informação de um tema mesmo, tirando o nosso consciente da bolha.

Você tem alguma ideia escondida aí?

Bisus!

Imagem de Artsy Vibes em Unsplash.

Comentários

  1. Essa saturação de informações tem um nome na computação: Big Data, é preciso começar filtrar e classificar as informações que chegam e se amontoam. O meu ponto fraco é a barra de favoritos kkkk, sites e mais sites que nunca mais vou acessar denovo --'

    Ótimo post Diva ;{D}}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vitor!!!
      Eu também tenho essa barra de favoritos. Tento dar uma limpa nela toda semana. Tento, hahaha.
      Abraços!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Carente de amor!

É uma questão de estilo

Let it shine!