Preciso me reorganizar


Estou sentindo muita, mas muita falta do início do ano. Tinha aquela sensação de que tudo ia dar certo, sem estresses extremos, a faculdade terminando e tudo o mais. E sim, tem dado super certo tudo o que eu pensei antes. A questão é que estou sentindo um peso enorme de muitas coisas nas minhas costas que podem ser arrumadas para ficar mais leve.

Não faço tanta coisa, diga-se de passagem. Se faço, bem, elas são muito rápidas e fáceis de serem resolvidas. Mas sabe aquele sentimento no fundo de que eu vou surtar uma hora? Então, está mais presente do que nunca.

O pior é o seguinte: não estou conseguindo dormir direito tem um tempo. Estou acordando cansada, irritada, sem vontade de fazer alguma coisa por mais importante que seja. Eu não era assim, não nesse extremo - principalmente no caso de não dormir direito.

O que que tá acontecendo? A vida adulta tá batendo com força? Sou praticamente adulta desde os meus 17 anos... Não pode ser tão ruim assim, certo?

Meu sentimento maior: reorganização. Tenho certeza de que nada vai chegar rápido como nós humanos sempre queremos. Mas passos organizados sempre facilitam as coisas. E ainda, a gente perde menos a paciência que já falta no dia a dia.

Tenho pensado em começar pela minha rotina. Estou na época do ano de levar serviço extra pra casa por mais que ninguém indique. Mas trabalhar em casa, nesse inverno, é sonho e faço sim, hahaha. Depois verificar meus hábitos e retirar aqueles que não estão me fazendo bem, como dormir mais tarde e acordar cedo durante a semana e nos fins de semana não. Preciso que ele renda.

Esse é o momento que fico extremamente feliz por ter lido o livro O Poder do Hábito. Maravilhoso.

Quem sabe não continuo falando dessa saga aqui? Mais uma série? Não sei. Até nisso preciso pensar.
Êh laiá.

Bisus!

Imagem de Steve Johnson em Unsplash.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carente de amor!

É uma questão de estilo

Let it shine!