O dia que a gente se sente um 'Ó' só


Hoje só pode ser o dia, não é possível. E a questão é que não estou passando por estresses tremendos (que eu esteja vendo), nem por situações difíceis de nenhum tipo (graças a Deus) e muito menos chateada com alguém bem importante (até porque todos os meus amigos são amorzinhos na maior parte do tempo).

Só posso ter acordado com o pé bem esquerdo e deitado com ele mesmo ontem a noite. Acordei só o caco com aquela vontade enorme de chorar, desaparecer ou até mesmo ficar deitada na minha cama dormindo sempre que possível (aproveitando o inverno, por que não?).

Pode parecer brincadeira, mas não é. Tem muito tempo que não me sentia assim e é horrível. Como é horrível se sentir assim, ainda mais quando não tem completo controle sobre as suas emoções.

Pode ser ansiedade (meu TCC começou), pode ser algum sentimento reprimido, talvez. Bem, mulheres são complicadas. E aqui estou eu, no trabalho, querendo dar o melhor de mim hoje mesmo com minha cabeça toda atrapalhada e doída (tenho o feeling que passei mal de madrugada).

Pois bem... Mulheres complicadas, com os hormônios mais malucos do mundo e trabalhando de qualquer forma, sem deixar as coisas "atrapalharem" a rotina. Somos todas fortes, independente de estar em um filme ou não.

Bem, somos todas protagonistas da nossa história, não é? Mesmo que não tenhamos sempre o controle sobre ela.

Bisus!

Imagem de Hadis Safari em Unsplash.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carente de amor!

É uma questão de estilo

Let it shine!