Diga-me com quem andas...


... que te direis quem tu és.

Estou mais e mais na dúvida sobre esse tipo de afirmação hoje. E quero muito perguntar aos meus amigos em até que ponto isso é verdade.

O motivo é simples: converso e ando com diversas pessoas das mais diferentes personalidades e e estilo e etc (minha melhor amiga é filha de pastor - não que isso queira dizer algo de especial, mas dá pra se ter uma ideia - e na faculdade, bem, é a faculdade).

Mas eu não sou como nenhum dos dois grupos, embora minhas ações reflitam muito mais naquilo que eu faço fora da faculdade. Não convivo 24 horas por dia com as pessoas que vejo lá. Convivo mais com as pessoas em comum que tenho com a minha best friend da church.

Mas, até que ponto isso é verdade? Seria até o momento que nos deixamos influenciar e levar pela onda, percebendo muito tempo depois, quando falarem?

Porque são nos avisos que percebemos muitas coisas... E dá uma tristeza de vez em quando...

Pois bem.

Ainda tenho dúvidas em até que ponto isso é verdade...

Bisus!

Imagem de Kimson Doan em Unsplash.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carente de amor!

É uma questão de estilo

Let it shine!