Março 2017 - B. Saphy, by Divana Barbosa

terça-feira, 14 de março de 2017

Feliz dia da mulher!

março 14, 2017
Feliz dia da mulher!

Sei que está um pouco tarde pra mandar esse texto ao ar, mas não tem problema não. Isso porque quero te dizer que todos os dias é o dia da mulher, assim como dos homens, das crianças, da árvore, da água, do folclore.

Não é muito justo separarmos só um dia do ano inteirinho pra fazer algo que valha a pena para todas as coisas que precisamos preservar, amar, cuidar, educar... Temos que cuidar de tudo todos os dias das nossas vidas (e não num ano 'x' especial).

Mas... Como foi 'comemorado' recentemente o dia da Mulher, quero deixar pra você toda uma parte da Bíblia que fala exclusivamente desse ser criado por Deus e que é bem complicado de lidar <3. Amamos sermos complexas, meninos!

Como muitos dizem, a Bíblia é machista. Só que NÃO é. E se você continuar com a sua opinião, é muito legal saber o motivo depois que ler esse trecho aqui. Por favor, diga.

Ah, e não vale usar o contexto sem saber da história, cultura e costumes do povo minha gente, porque até mesmo a linguagem é diferente! Essas coisas a gente discute na aula de história, assim como discutimos a 2ª Guerra Mundial, a Idade Média, o Romantismo (que os homens morriam pelas mulheres e vice-versa), o Iluminismo e assim vamos nós!
Uma esposa exemplar; feliz quem a encontrar! É muito mais valiosa que os rubis.
Seu marido tem plena confiança nela e nunca lhe falta coisa alguma. Ela só lhe faz o bem, e nunca o mal, todos os dias da sua vida.
Escolhe a lã e o linho e com prazer trabalha com as mãos. Como os navios mercantes, ela traz de longe as suas provisões.
Antes de clarear o dia ela se levanta, prepara comida para todos os da casa e dá tarefa às suas servas.
Ela avalia um campo e o compra; com o que ganha planta uma vinha.
Entrega-se com vontade ao seu trabalho; seus braços são fortes e vigorosos.
Administra bem o seu comércio lucrativo, e a sua lâmpada fica acesa durante a noite.
Nas mãos segura o fuso e com os dedos pega a roca.
Acolhe os necessitados e estende as mãos aos pobres.
Não teme por seus familiares quando chega a neve, pois todos eles vestem agasalhos.
Faz cobertas para a sua cama; veste-se de linho fino e de púrpura.
Seu marido é respeitado na porta da cidade, onde toma assento entre as autoridades da sua terra.
Ela faz vestes de linho e as vende, e fornece cintos aos comerciantes.
Reveste-se de força e dignidade; sorri diante do futuro.
Fala com sabedoria e ensina com amor.
Cuida dos negócios de sua casa e não dá lugar à preguiça.
Seus filhos se levantam e a elogiam; seu marido também a elogia, dizendo: "Muitas mulheres são exemplares, mas você a todas supera".
A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme o Senhor será elogiada.
Que ela receba a recompensa merecida, e as suas obras sejam elogiadas à porta da cidade.
Provérbios 31: 10-31 | Proverbs 31: 10-31
Espero, de verdade, que tenham gostado. E até mesmo ajudado a entender que a gente precisa interpretar muito bem as coisas que lemos. Dar a opinião sem ler, estudar, pesquisar é muito perigoso. Ah, e respeitar os coleguinhas também é muito importante.

Um beijo e um queijo e fiquem com Deus!
Imagem: Unsplash | Averie Woodard

terça-feira, 7 de março de 2017

Journal #005 - Enquanto está o mesmo

março 07, 2017
Journal #005 - Enquanto está o mesmo

Enquanto não mudo o formato do Journal ~estou pensando seriamente nisso~, vamos continuar escrevendo, nem que seja um pouquinho.

Tenho pensado muito no meu comportamento. Tanto relacionado com as pessoas quanto a comigo mesma e concluí que, por mais difícil que seja, preciso permanecer sendo eu mesma em qualquer situação. Digo que é difícil porque as pessoas podem não te aceitar, ou até mesmo ser não tão procurada pra conversar porque surgiu alguém com um temperamento mais condizente com as pessoas que o seu.

Aff, isso é um saco, de verdade.

Mas então surge aquela vozinha que diz que você é importante para Deus do jeitinho que Ele te fez. Não existem pessoas para serem colocadas no seu lugar porque você é única. E que eu sou mais que substituível, não sou ninguém, nem poeira. Sou como um grão de areia na praia. Então, por que me
preocupar com besteiras?

Está vendo como a mente da gente passa por situações que não fazem nenhum sentido? E você acaba se sentindo incomodada por nada, na verdade.

Um outro tema que quero escrever bem rapidinho aqui é sobre um comentário que uma integrante do #BlogueirosGeeks <3 fez que me deu uma luzinha no pensamento e me fez pensar. Será que os blogues estão morrendo mesmo? Eu estou pensando nisso, ainda mais com a leva de pessoas indo para o youtube gravar vídeos (e que acaba ficando saturado também).

Um beijo e um queijo! (Com goiabada).
Tchau, fique com Deus!
Imagem: Unsplash | Prasanna Kumar