Novembro 2016 - B. Saphy, by Divana Barbosa

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Journal #003: De origem da igreja à liberdade de expressão

novembro 23, 2016
Journal #003: De origem da igreja à liberdade de expressão

Essa semana está sendo uma das mais loucas do ano. É final de semestre na faculdade, estão chegando as últimas provas e a loucura por causa disso anda à solta e fazendo a festa em muita gente. E não sei mesmo o que pode estar me salvando de enlouquecer de vez.

Mesmo no meio de tantos acontecimentos fui premiada com dois Podcasts muito bons e que me fizeram pensar bastante ~e um deles não terminei de escutar ainda mas já é legal~. O primeiro deles é do Mitografias. O título é Papo Lendário #146: Além da Igreja Romana.

Eles trouxeram um mestre em teologia, especificamente sobre o protestantismo e falaram sobre um panorama geral das vertentes da igreja, do surgimento de cada uma delas e ainda as diversas denominações.

Se você escutar esse áudio... Sua cabeça vai explodir e o mundo não vai mais parecer o mesmo e você vai ter uma noção a mais sobre todas as igrejas que você encontra na sua cidade.

Coloquei aqui para download, mas você pode acessar o site do Mitografias e o Podcast para escutar online ou fazer o download lá também (só salvar como... o áudio que abrir na janela do navegador).

O próximo podcast é do Mamilos e tem um tempão que ele está na rede, mas como eu tenho a mania de querer começar tudo novo do início, estou escutando desde o primeiro. Esse que vou indicar é o sétimo e intitulado #07 - Atentado Ao Charlie, Passe Livre, Parto, Posse Da Dilma e Highsexual. Sim, o título é grande e eles abordam todos esses assuntos.

Quero muito, muito mesmo indicar a parte que a equipe ~que é muito boa~ fala sobre o atentado ao Charlie na França e a liberdade de expressão e em como a religião pode virar uma arma nas mãos das pessoas que a preza mais que à sua divindade, tudo isso junto; e em como conversar sobre o parto é importante e eu nem sabia o que estava acontecendo com partos cesária e normal, com índices e etc. 

É realmente um Brainstorm, minha gente. E ele você faz o download se quiser pelo SoundCloud. =)

Até a próxima e fique com Deus.
Bye!
Imagem: Unsplash.com | Thibaut Marquis

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

A razão e a emoção: elas caminham juntas!

novembro 21, 2016
A razão e a emoção: elas caminham juntas!

Hey gentem! Hoje vou escrever um pouco sobre a razão e a emoção e em como elas andam juntas. Isso parece ser coisa de outro mundo, eu sei, muitas vezes não pensamos assim, só que deveríamos.

Você sabe o que acontece quando fazemos o que o nosso coração quer? Acho que o resultado é muita besteira, principalmente quando sabemos que tempo pra esperar mais era o que mais tínhamos, porém... A ansiedade falou mais alto, e a maior parte das coisas resultou em sofrimento, tristeza...

A Bíblia, nossa querida amiga, diz que o nosso coração é enganoso e que não devemos segui-lo como se ele fosse o dono da nossa vida.
O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo?
"Eu sou o Senhor que sonda o coração e examina a mente, para recompensar a cada um de acordo com a sua conduta, de acordo com as suas obras."
Jeremias 17: 9-10
Sabe, a gente se conhece, e as situações que se passam dia a dia na nossa frente são as mais diferentes possíveis. Eu moro no interior, outras pessoas moram nos grandes centros dos estados do país, alguns vivem na zona rural e outros em lugares um tanto isolados, difíceis de chegar. Não preciso dizer que tudo é completamente diferente. Nenhuma situação é igual à outra, e nenhum problema também é como o outro.

Pensando nisso, a gente tem que achar um equilíbrio muito bom entre o que fazer e o que não fazer. Entre o certo e o errado, e o que pode dar certo e o que não pode. E tenho certeza que quando a gente vai pelo coração muitas coisas podem dar errado, e a proporção é maior ainda se comparado ao lado positivo.

Não sei também porque somos mestres em tentar apressar tudo. Nós não precisamos da pressa, precisamos sim de estar firmes em Deus, pensando com Ele e agindo para que, quando for o momento, ele venha. E olha, vai vir com quase todos os problemas, senão todos eles, resolvidos de uma tacada só.

Imagina o quão agradecida(o) você vai ficar?! Teve a persistência e aquilo que queria, no momento certo e na vontade de Deus, veio.

Não busque agradar apenas o seu coração. Busque pensar, refletir, seguir o que Deus quer que você faça. Não há nada demais em esperar, por mais que seja difícil.

Mil beijos e até!!!
Imagem: Unsplash.com | Eutah Mizushina

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Journal #002: Do nada vem conteúdo

novembro 16, 2016
Journal #002: Do nada vem conteúdo

Uma mensagem veio na minha cabeça. Eu sinto que eu preciso compartilhar ela não só pra dizer, claro, mas acredito que é para se tornar mais forte pra mim também. É sinal de quem nem tudo vai bem e que são necessárias umas mudancinhas ~que já estão sendo feitas~.

Essa frase em questão é assim: Não queira alguém bonito por fora mas que é oco por dentro. Só substituí homem por alguém porque acho que essa é uma mensagem pessoal.

Eu não quero alguém bonito, acho que todos são na verdade, hahaha. Só que a sociedade tem uma estereotipação tão grande que a gente começa a distorcer as coisas. E não estou dizendo que os bonitos são vazios não, tenho amigos lindos por fora e por dentro. São uns amores!!!

Vai que parte dessa mensagem não veio deles?

E a gente ainda reclama às vezes que Deus não está falando com a gente... Nós só não escutamos e deixamos as coisas pra lá.
- Sabe, Su, acaba de me ocorrer uma ideia terrível.
- Que ideia?
- Não seria medonho se um dia, no nosso mundo, os homens se transformassem em feras selvagens por dentro, como as daqui, e continuassem por dora parecendo homens, e a gente assim nunca soubesse distinguir uns dos outros?
Príncipe Caspian - As Crônicas de Nárnia
E tem mais uma coisinha que só quero comentar.

Percebi também que se valorizar é muito diferente de ser egoísta. Porque você não vai olhar só pro seu umbigo, mas para as outras pessoas também, só não vai parar de se cuidar em todos os sentidos. Não vai morrer por aquele compromisso que sabia que não devia ter pego porque sabia também que não teria tempo. E isso virou uma cascata e agora está à ponto de perder toda a sua sanidade que resta e se martirizar depois porque devia ter dito não.

É cuidar de você e dos outros. Não deixá-los pra lá e que se virem.

Bem, às vezes eu começo a pensar tarde demais em muitas coisas. Só que o resultado final dessa meditação intensa é sempre bom.

Mil beijooooos!!!!
Imagem: Unsplash.com | Beauty, Cocktails & Girltalk

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Not - Vida Online ou on line

novembro 10, 2016
Not - Vida Online ou on line

Acredito que esquecer a gente nunca esquece, mas as coisas ficam guardadas dentro de uma caixinha com um título parecido com “menos importante”. E talvez essas coisas sejam aquelas que têm que estar na caixinha “urgente”.

Quando penso no parágrafo anterior, a palavra objetos aparece mais rápido para substituir coisas. Mas substituir essa palavra por pessoas torna tudo mais... Profundo.

Não se tem dado tanto valor àqueles que estão perto todos os dias, e não quero generalizar porque sei que sabe que isso é particular, mas está se tornando comum. Mas quero dizer, eu sinto falta.

Esses duas saímos para ir a uma lanchonete. Muita gente no celular e poucos conversando e, se estavam, digo “Oi, WhatsApp”. Então, eu e mais dois amigos <3 fizemos uma brincadeira que exigia que a gente deixasse o mundo virtual de lado e prestasse atenção naquilo que se estávamos fazendo.

Não sei se essa era a intenção mas tinha uma mesa com uma família ao lado. O moço olhou com uma cara meio que chamando a gente de “bagunceiros e a gente nem tinha começado a rir direito um do outro com a desatenção e justificativas para continuar ali, brincando.

Estamos perdendo um pouco da personalidade de ser, de estar, de amar, de abraçar. =(

Vamos fazer um trato? Deixar pra ver as redes sociais uma ou duas vezes ao dia e curtir todas as outras horas?

Milhões de beijos!
Imagem: Unsplash.com | Sidharth Bhatia

terça-feira, 1 de novembro de 2016

A Questão - Aninha Reginaldo

novembro 01, 2016
A Questão - Aninha Reginaldo

Oi gente, tudo bem?

O texto de hoje é de uma miga muito especial e querida. Ela escreve muito bem, com palavras que expressam diversas emoções e com um conteúdo muito bacana.

E, claro, por ser especial assim, abre o mês de novembro. Agora, deixo você com a questão.
~~~~~~~*~~~~~~~
A questão é que os sentimentos são ignorados, as falas, as vozes e até mesmo os sorrisos, algo tão simples...

O amor virou segunda opção, o carinho virou terceira e agora o que realmente importa é ser livre, não se apegar a ninguém. E quer saber? Isso é a maior idiotice de todas. Deixamos amores e histórias de lado para sermos os "desapegados" da turma, os "fodas" (perdão pela palavra). Talvez tenhamos nos entregado a pessoas que não nos deram valor, a pessoas que não poderiam nos amar da mesma forma, a pessoas que nos amavam mas por medo, desistiram de tudo.

Nós não amamos mais e não vemos problema nisso, desde que que tenhamos o nosso rolê de sábado ou o nosso passatempo na terça.

Pessoas não são objetos, pessoas não são coisas, pessoas sentem e não é porque você está machucado que deve machucar alguém. "Pega mas não se apega". Pega, beije, case, tenha filhos e vão todos viajar. Crie expectativas, realize sonhos, SE APEGUE. A vida passa rápido e o seu amor pode estar a sua espera.

Se permita amar, sem medo de ser trouxa. Se permita se entregar, sem medo de quebrar a cara. Se permita ser, sem medo do que vão falar.
Com muito amor, AR.

~~~~~~~*~~~~~~~
Espero de verdade que tenham gostado do texto dela. Deixe seus comentários aqui.

Beijooos!
Imagem: Unsplash | Morgan Sessions