A Questão - Aninha Reginaldo


Oi gente, tudo bem?

O texto de hoje é de uma miga muito especial e querida. Ela escreve muito bem, com palavras que expressam diversas emoções e com um conteúdo muito bacana.

E, claro, por ser especial assim, abre o mês de novembro. Agora, deixo você com a questão.
~~~~~~~*~~~~~~~
A questão é que os sentimentos são ignorados, as falas, as vozes e até mesmo os sorrisos, algo tão simples...

O amor virou segunda opção, o carinho virou terceira e agora o que realmente importa é ser livre, não se apegar a ninguém. E quer saber? Isso é a maior idiotice de todas. Deixamos amores e histórias de lado para sermos os "desapegados" da turma, os "fodas" (perdão pela palavra). Talvez tenhamos nos entregado a pessoas que não nos deram valor, a pessoas que não poderiam nos amar da mesma forma, a pessoas que nos amavam mas por medo, desistiram de tudo.

Nós não amamos mais e não vemos problema nisso, desde que que tenhamos o nosso rolê de sábado ou o nosso passatempo na terça.

Pessoas não são objetos, pessoas não são coisas, pessoas sentem e não é porque você está machucado que deve machucar alguém. "Pega mas não se apega". Pega, beije, case, tenha filhos e vão todos viajar. Crie expectativas, realize sonhos, SE APEGUE. A vida passa rápido e o seu amor pode estar a sua espera.

Se permita amar, sem medo de ser trouxa. Se permita se entregar, sem medo de quebrar a cara. Se permita ser, sem medo do que vão falar.
Com muito amor, AR.

~~~~~~~*~~~~~~~
Espero de verdade que tenham gostado do texto dela. Deixe seus comentários aqui.

Beijooos!
Imagem: Unsplash | Morgan Sessions


2 comentários

  1. Que blog lindo Divana! 🌻🌻
    Aninha seus textos são incríveis! São tão profundos e as emoções transbordam. Escreva mais ❤❤🌻

    ResponderExcluir

Oi!
Deixe seu comentário aqui que ele vai ser publicado o quanto antes. Pode fazer críticas, elas são bem vindas! Mas comentários com palavras de baixo calão não serão postados.
Fiquem à vontade! Ah, e sem spam.
Küsse!